Atrações

Festival As 4 Estações

BLACK MANTRA




Composto por almas; cada alma com um pensamento, um viver, uma unidade. Agregadas, suas experiências serviram como base para os estímulos criativos presentes em O Ronco do Cacuí e Tranca Rua.

Neste compacto a Big Band BLACK MANTRA trabalha com contrastes. A essência do Heavy-Funk 45 se mantem, porém agora não esta mais sozinha.

Em, O Ronco do Cacuí, uma espécime de bolero é levado a África e adotada por pais americanos. Pássaros voam. Passado um tempo, a lenda do Curumim é imortalizada em tribos nativas.

Por outro lado, em Tranca Rua, a imersão é mais concreta. A bateria segue reta e a cozinha a completa. É esperta a melodia, em que os metais em harmonia, criam esta atmosfera. 

O BLACK MANTRA é Leonardo Marques (bateria), Caio Leite (baixo), Kiko Bonato (teclado), Marcos Guarujá (percussão), Igor Thomaz (sax), Pedro Vithor (sax), William Tocalino (trombone) e Felippe Pipeta (trompete).